Confira nos próximos parágrafos como fazer manutenção em sites. Sim, site precisa, de tempos em tempos, de um check-up para verificar se está tudo bem e se algo precisa ser melhorado. Fato que pega muito empreendedor e até pessoas que trabalham com marketing digital de surpresa.

A maioria acredita que depois que a página é desenvolvida e publicada, não há mais nada a se fazer. Somente quando se decide mudar seu visual. Isso é um tremendo engano, porque todo site necessita de atualizações regulares dos plug-ins, receber melhorias de SEO e se adequar as novas tendências.

A manutenção é importante para garantir a segurança do site e testar a sua navegação. Vale considerar que para manter o crescimento de sua página é interessante se manter atualizado sobre novas aplicações, das preferências do mercado. Tendências que podem pedir por mudanças, melhorias, etc.

Esqueça esse negócio de criar uma página e deixá-la mofando. Além de comprometer sua segurança, esse comportamento colabora para sua obsolescência e afastamento do público.

Investir na manutenção de site evita gastos futuros de grandeza muito acima do que a necessária para medidas preventivas.

Imagine a dor de cabeça se o site for hackeado? Ou se de repente uma de suas funções deixar de funcionar?

Veja a seguir como fazer manutenção em sites para desviar de tormentas.

Como fazer manutenção em sites?

A boa notícia: é mais simples do que desenvolver um do zero. Sem dúvida. No entanto, você precisa contar com um sistema de gerenciamento seguro e dominar um pouco de programação. Do contrário, o trampo será bem cabeludo.

O mais recomendado é contratar uma empresa especializada para cuidar desse serviço caso seja um assunto fora de seus domínios.

Mas nada impede que tente caso esteja com tempo para estudar sobre. Nos próximos tópicos, listaremos os pontos essenciais sobre como fazer manutenção em sites. Prossiga na leitura!

1. Avise os navegantes

A primeira dica de como fazer manutenção em sites é colocar uma mensagem na página avisando os visitantes que a mesma se encontra em manutenção. Isto se a manutenção for geral.

Na plataforma de sua preferência, vá às configurações e acesse as sessões de desativação do site por tempo determinado.

No WordPress, ative o plug-in WP Maintenance Mode.

2. Jamais se esqueça do backup

É de lei. Qualquer procedimento que for realizar no seu site que exija tempo é prudente e básico que execute o backup.

3. Cheque segurança do site e do servidor

Outro ponto importantíssimo sobre como fazer manutenção em sites: verificar a segurança do servidor onde está instalado e pôr em prática todas as atualizações necessárias do sistema e da plataforma.

Automatizar a manutenção preventiva relacionada ao software é uma ótima forma de diminuir riscos e economizar tempo.

4. Antivírus poderoso e senhas caprichadas

Senhas precisam ser atualizadas com frequência para não facilitar para a malandragem digital. Vivemos tempos de vazamentos de dados a torto e a direito. Todo cuidado é pouco. Troque suas senhas a cada 3 meses e cuide para elaborar códigos de acesso complexos.

Invista em um antivírus de qualidade. Evite se limitar as versões gratuitas. Há opções pagas acessíveis que liberam diversos recursos para ampliar a segurança.

5. Fortaleça a proteção dos diretórios administrativos

Sabe o painel de administração do site e as áreas de login? São diretórios administrativos onde se executa as principais ações no site.

Um bom planejamento de manutenção deve sempre considerar reforçar a proteção desses diretórios, pois se tratam de setores estratégicos.

Uma excelente iniciativa é instalar plug-ins que restrinja o número de tentativas de entrar no site.

6. Instalar um firewall

Programa essencial para levantar uma barreira contra os invasores que se originam de outras redes. O firewall tem como função primária proteger sistemas contra ataques hackers, por exemplo.

7.  Avalie o serviço de hospedagem

Prosseguindo com as orientações de como fazer manutenção em sites. O bom desempenho da página está atrelado a uma boa hospedagem. São três aspectos a se considerar sobre o serviço:

  • Segurança;
  • Velocidade;
  • Disponibilidade.

Caso esteja enfrentando problemas com a hospedagem, a dica é optar por empresas especializadas e experientes que fornecem o serviço. Elas geralmente oferecem recursos mais avançados e garantem economia de tempo.

A Link Oficial, por exemplo, oferece diversos mecanismos de automatização para arquivos, banco de dados, segurança, SEO & marketing. É uma empresa de hospedagem e revenda de site atuante no mercado desde 2010.

Trabalha com planos de assinatura para todos os perfis de empresa. Seus serviços incluem monitoramento diário do servidor, ampla cobertura de suporte, backup diário, restauração gratuita e muitos outros benefícios.

Saiba +.

8. Use ferramentas para monitorar o desempenho do site.

Seguindo com as dicas de como fazer manutenção em sites. A experiência do usuário é condicionada a velocidade do site. Não tem jeito. Páginas lentas para carregar e navegar elevam a taxa de rejeição e são consideradas espantalhos pelos algoritmos dos buscadores.

Recomendamos o uso de ferramentas como o Google Pagespeed Insights e o GTMetrix. Faça análises periódicas e verifique seus resultados. Trabalhe para melhorar todos os possíveis apontamentos dos relatórios dessas ferramentas.

9. Ações para otimização da página

O ideal seria testar todos os elementos de sua página para verificar seu desempenho nos buscadores. Mas recomendamos que comece com às quatro áreas que apontaremos a seguir:

  • CTA das páginas;
  • Títulos;
  • Design;
  • Provas sociais.

Indicamos que use periodicamente o Google Analytics na sessão “Experimento de Conteúdo”. A página dará um direcionamento mais específico sobre melhorias a serem feitas para melhorar o desempenho

10. Consulte os relatórios de erros do site

Aproveite a ocasião em que for promover a manutenção preventiva para verificar o relatório de erros do site. No documento, é possível acessar informações a respeito das causas que estejam provocando lentidão no site ou o impedindo de funcionar corretamente.

11. Cace e corrija links quebrados

Outra medida para assegurar uma boa experiência ao usuário é recorrer a ferramentas que identifiquem links quebrados. Como no caso do Google Search Console.

Os links quebrados levam o usuário à página de erro. Situação que causa frustração e até desconfiança sobre a operacionalidade e até a legitimidade do endereço eletrônico.

Gostou deste conteúdo sobre como fazer manutenção em sites? Então curta, compartilhe, avalie. O seu apoio é muito importante para nós.