Passo a Passo: Como evitar Ransomware?

Muita gente recebe dezenas de arquivos todos os dias repletos de arquivos suspeitos, mas não fazem ideia de que estão sendo alvos de vários tipos de ransonware.

Esse tem sido um dos meios mais utilizados por criminosos virtuais para colocar em prática seus golpes que se baseiam no sequestro de dados dos usuários, que talvez sejam liberados após o pagamento de um resgate.

Nos já falamos sobre o que é o ransomware nesse artigo aqui mesmo no nosso blog, e hoje vamos te dar algumas sugestões de boas práticas para que você saiba como evitar ransomware e não se tornar mais uma vítima. Confira.

Faça backup sempre

Fazer backups dos seus dados regularmente pode ajudar a mante a sua máquina livre de ransomware.

Criando esse hábito, mesmo que o seu computador seja infectado você não terá grandes problemas de perda de dados importantes já que a maior parte deles estará protegida e poderá ser utilizada novamente caso seja necessário.

A frequência deve depender do volume de dados que você ou sua empresa armazenam. Enquanto algumas empresas realizam backups mensais ou semanais, outras precisam fazer isso diariamente.

Também é importante fazer backup de unidades como HDs externos, pen drives ou espaços de armazenamento em nuvem. Alguns tipos de ransonware também fazem a criptografia dessas unidades além do computador atacado.

Utilize um antivírus confiável

Uma das primeiras ações que um ransonware realiza antes de infectar um computador é desabilitar o antivírus para que o malware possa se instalar sem problemas.

Para evitar vírus ransonware é preciso utilizar sempre softwares antivírus confiáveis com camadas antimalware e firewall.Os criminosos virtuais estão sempre lançando novas versões de seus vírus para burlar essas proteções.

Mantenha seus softwares sempre atualizados

Como os criminosos virtuais parecem estar sempre um passo a frente dos softwares de segurança é preciso que seus softwares estejam sempre atualizados.

Essa é uma ótima maneira de se evitar vírus ransonware, assim como outros tipos de ameaças.

Desative o RDP

O RDP é um protocolo do Windows que permite que máquinas sejam acessadas de maneira remota, e alguns tipos de ransomware utilizam esse mesmo protocolo para acessar uma máquina que seja alvo de um ataque.

Se você não precisa realizar o acesso remoto aos computadores da sua empresa, desabilitar o protocolo RDP pode ser a melhor maneira de evitar vírus ransomware.

Desligue o equipamento

Caso seja identificado que está sendo executado um arquivo que pode ser um ransomware é possível evitar que todos os seus dados sejam criptografados.

Se você percebeu que está sendo atacado, e a mensagem de resgate ainda não apareceu na sua tela desligue a conexão com a internet o mais rápido possível, ou retire o cabo de energia da tomada para que a comunicação com o servidor seja interrompida.

Faça a restauração do sistema

A restauração do sistema pode fazer com que o seu sistema seja recuperado em um ponto onde não havia sido infectado.

Procure no Windows pela opção “System Restore” e caso ela esteja desabilitada, habilite-a para recuperar o sistema.

Cuidado com as extensões ocultas dos arquivos

Uma sugestão eficaz de como se proteger de ransonware é verificar as extensões dos arquivos recebidos em sua conta de e-mail por exemplo.

Alguns tipos de ransomware se apresentam como arquivos com dupla extensão, como por exemplo “Fatura cartão de crédito.pdf.exe”.

Para evitar vírus ransomware desse tipo é preciso habilitar a função de detecção de arquivos com dupla extensão. Isso torna a detecção de arquivos suspeitos mais fácil.

Rejeite os arquivos executáveis

Assim como os arquivos com dupla extensão, os arquivos executáveis também são utilizados por quem envia vírus ransomware com o objetivo de aplicar golpes.

Muitas ferramentas de e-mail possuem a função de rejeitar mensagens que contenham arquivos com extensão EXE, como por exemplo “Atualize seu cadastro.exe”.

A grande maioria das pessoas se torna vítima de ransomware por ter clicado nesses arquivos sem se dar conta do que se tratava.

Isso acontece muito com arquivos que teriam sido enviados por instituições financeiras solicitando que o usuário clique no arquivo para atualizar dados.

Conscientize as pessoas

As pessoas que utilizam os computadores precisam estar cientes do que é e de como evitar ransomware. Isso vale para empresas onde os computadores são interligados em rede, que caso um deles seja infectado poderá atingir todos os outros, causando sérios problemas.

Também é preciso conscientizar as pessoas que utilizam um único computador, no caso de uso apenas doméstico, para que todos possam evitar vírus ransomware, tornando o uso da máquina mais seguro para todos.

Navegue somente em ambientes seguros

É fundamental que qualquer usuário que utilize seus sistemas, sejam corporativos ou domésticos naveguem apenas em ambientes certificados.

Sempre que você acessar um site que não está habituado verifique se o mesmo possui certificado SSL, que garante que a autenticidade da página visitada. O ícone do cadeado verde na barra de endereço do navegador é um dos indicadores de que aquela página que você está acessando possui o certificado que garante sua autenticidade.

Outra forma de fazer essa verificação está na URL da página, que em vez do “http” tradicional deve conter o “https”.

Uma outra forma de verificar se a página que você está acessando é original é pesquisando sobre ela no Google. O buscador tem como uma de suas politicas apresentar nos primeiros resultados de sua busca apenas páginas certificadas, deixando os sites que não possuem essa validação nas últimas posições.

Como você pode ver, a maneira mais efetiva de evitar vírus ransomware é a prevenção.

Manter sempre seus sistemas atualizados, utilizar um antivírus com boa reputação, configurar seus sistemas para identificar e bloquear ransomware antes que ele chegue até sua máquina são os melhores exemplos de como evitar ransomware e se tornar mais uma vitima desse tipo de vírus.

Além disso é preciso que todas as pessoas que fazem uso desses sistemas estejam cientes da importância de bloquear ransomware, para que depois não seja necessário remover o ransomware, algo impossível de se fazer em alguns casos.

 

linkoficial: @linkoficialbr