5 motivos que podem causar falhas no seu site

Para um dono de site, falhas são um pesadelo sendo saudado com uma tela em branco em vez de seu site bem projetado, quando eles procuram por seu domínio pode ser uma experiência de indução de pânico.

Um pequeno tempo de inatividade do site não é apenas chato e inconveniente. Pode custar caro a um negócio, especialmente se você tiver um site de comércio eletrônico ocupado.

Quando você visita um site, você está basicamente solicitando informações do servidor que é enviado pela rede para um navegador. Pode ser uma página HTML simples ou informações dinâmicas de um banco de dados ou arquivos, como imagens.

As interrupções do site podem acontecer por vários motivos, incluindo ataques de hackers, picos de tráfego, ataques de DDOs, baixa largura de banda, erros de codificação ou até mesmo desastres naturais que afetam seus datacenters e muito mais. Aqui estão algumas das mais causas para o seu site ser inacessível.

Erros do webmaster que causam falhas no website

Erros de codificação, códigos da web quebrados ou até mesmo a execução de muitos scripts podem causar problemas no site e causar paralisações no site e inatividade.

Se você fez uma atualização para o site e seu site caiu pouco tempo depois, essa pode ser a causa provável. Você deve verificar a velocidade de carregamento de sua página, a eficiência do código em seu site, verificando se as consultas são otimizadas e se as tabelas de banco de dados estão indexadas corretamente. Verifique CMSs, blogs e fóruns para problemas de codificação.

Se você tiver esquecido de renovar o nome de domínio ou o contrato de hospedagem do seu site, seu site poderá aparecer inativo. Mesmo que você tenha feito alterações recentes no DNS ou tenha registrado seu domínio recentemente, pode levar de 24 a 72 horas para a propagação de DNS e para essas alterações serem exibidas,

Negação de Serviço Distribuída

Os ataques DDoS bem-sucedidos costumam ser usados ​​para direcionar deliberadamente sites específicos sobrecarregando-os com tráfego indesejado de várias fontes e gerando interrupções dolorosas que causam falhas no site.

Quando um site é inundado por tráfego fictício, é impossível diferenciar solicitações genuínas de informações das falsas. O uso de um rede de entrega de conteúdo absorver o tráfego distribuindo conteúdo em vários servidores e também rastrear e bloquear solicitações provenientes de determinados endereços IP de peixe pode ser útil no caso de tais ataques.

Mas ferramentas de automação mais avançadas estão sendo usadas para organizar sofisticadas técnicas de DDoS de aplicativos que randomizam endereços IP usando botnets e mascaram características de transação para enviar solicitações customizadas exclusivas. Isso ajuda os criminosos cibernéticos a criar os padrões que as soluções de DDoS monitoram para diferenciar uma transação de ataque de uma legítima.

Erro de provedor de servidor/host

As falhas do site podem acontecer quando o seu provedor de hospedagem enfrenta problemas no servidor. Os datacenters que possuem vários servidores em um ambiente controlado podem ter problemas imprevistos, como condições climáticas extremas, falhas de energia, falhas no provedor de Internet ou problemas de hardware, que podem causar falhas no site.

Se o seu site estiver hospedado em um datacenter com problemas, os servidores poderão ficar temporariamente inativos até que os problemas sejam resolvidos. Não há muito o que fazer além de esperar que seja consertado, quando isso acontecer. Os sites geralmente exigem atualizações de hardware ou atualizações de software e precisam ser colocados off-line. Esse tipo de manutenção de servidor regular geralmente é agendado para tempos de tráfego baixo.

Pico de tráfego maciço

Tráfego para o seu site é uma ótima notícia, mas uma onda repentina de tráfego na web pode sobrecarregar um servidor e derrubar seu site offline como se você estivesse enfrentando falhas no site. Você precisa considerar que o ambiente de hospedagem do seu site talvez não esteja preparado para lidar com picos de tráfego não planejados.

A maioria dos sites não verá picos, a menos que um post que se torne viral ou que você chegue à TV, realize promoções especiais ou saia de uma campanha de e-mail. Os administradores de sites geralmente têm uma boa ideia de seus níveis normais e de pico de tráfego e podem executar testes de carga em seus servidores para ver se seus servidores podem atender às solicitações ou usuários extras e planejar o crescimento.

Proteja seu site do tempo de inatividade

Você pode escolher o plano de hospedagem mais adequado às suas necessidades com base no tamanho do seu site e quanto tráfego você recebe. Lembre-se de que os recursos são limitados em servidores compartilhados.

Portanto, se você estiver em um plano de hospedagem pequeno e compartilhado e seu site estiver crescendo rapidamente, você poderá ter problemas com o site.

Sites de alto volume com necessidades pesadas de processamento ou e-mails de alto volume podem se beneficiar do uso de hospedagem gerenciada com gerenciamento de DNS e backups automáticos para vários datacenters. Para lidar com grandes picos imprevisíveis, o VPS ou uma solução baseada em nuvem também pode ser configurada para dimensionar automaticamente RAM/recursos em tempo real quando necessário.

linkoficial :